Cooperativismo no Brasil

Em 1995, a Organização das Cooperativas do Brasil – OCB implantou a nova classificação das cooperativas brasileiras:

1. Cooperativas Agropecuárias
São compostas por produtores rurais ou agropastoris e de pesca, cujos meios de produção pertençam ao associado. É um dos ramos de cooperativa com maior número de cooperativas e associados no Brasil. O leque de atividades econômicas abrangidas por esse ramo é enorme e sua participação no PIB é significativa. Essas cooperativas geralmente cuidam de toda a cadeia produtiva, desde o preparo da terra até a industrialização e comercialização dos produtos.
2. Cooperativas Educacionais
São as cooperativas de professores, de alunos de escolas agrícolas, de pais e alunos e as de atividades afins ligadas à educação, como ensino à distância. Em 30 de julho de 1980 surgiu a Cooperativa Educacional de Resende (RJ) – COOPERE, mais antiga cooperativa educacional ainda em funcionamento. Em dezembro de 1987 surgiu, em Itumbiara (GO), a primeira cooperativa de pais de alunos, fundada pela professora Sheila Paiva de Andrade, sob a denominação de Cooperativa de Ensino de Itumbiara – CEI.
3. Cooperativas de Trabalho
São cooperativas de trabalhadores de qualquer categoria profissional, para prestar serviços, organizados num empreendimento próprio. A Organização das Cooperativas Brasileiras (OCB) classifica as cooperativas de trabalho em três grupos: Artesanais, Culturais e Diversos.
4. Cooperativas de Produção
São cooperativas que, por qualquer forma, detém os meios de produção e seus associados contribuem com serviços laborativos ou profissionais para produção em comum de bens e serviços.
5. Cooperativas de Saúde
São cooperativas que se dedicam à preservação e recuperação da saúde humana. As cooperativas abrangem médicos, psicólogos, odontólogos e pessoal afim, desse bem como os usuários desses serviços. Esse ramo surgiu no Brasil, na cidade de Santos (SP), no dia 18 de dezembro de 1967 e se estendeu a outros países.
6. Cooperativas de Consumo
São cooperativas dedicadas à compra em comum de artigos de consumo para seus associados. A primeira cooperativa do mundo era desse ramo: a de Rochdale, na Inglaterra. Também no Brasil, esse é o ramo mais antigo, cujo primeiro registro é de 1889, em Minas Gerais, em Ouro Preto.
7. Cooperativas Habitacionais
São as cooperativas destinadas à construção, manutenção e administração de conjuntos habitacionais para seu quadro social. O maior complexo de construções do Ramo Habitacional no Brasil fica em Águas Claras, no Distrito Federal.
7. Cooperativas Habitacionais
São as cooperativas destinadas à construção, manutenção e administração de conjuntos habitacionais para seu quadro social. O maior complexo de construções do Ramo Habitacional no Brasil fica em Águas Claras, no Distrito Federal.
8. Cooperativas de Turismo e Lazer
São, por exemplo, cooperativas que prestam serviços turísticos, artísticos, de entretenimento, de esportes e de hotelaria, ou atendem direta e prioritariamente o seu quadro social nessas áreas. Foi criado pela Assembléia Geral Ordinária da OCB no dia 28 de abril de 2000. Seu objetivo é criar fluxo e refluxo permanente de turistas dentro do Sistema Cooperativo.
9. Cooperativas de Mineração
São cooperativas que têm a finalidade de pesquisar, extrair, lavrar, industrializar, comercializar, importar e exportar produtos minerais.
10. Cooperativas Especiais
São cooperativas constituídas por pessoas que precisam ser tuteladas ou que se encontram em situação de desvantagem nos termos da Lei 9.867, de 10 de novembro de 1999 que diz serem estes os deficientes físicos e sensoriais, os deficientes psíquicos e mentais, as pessoas dependentes de acompanhamento psiquiátrico permanente, os egressos de hospitais psiquiátricos, os dependentes químicos e os egressos de prisões;
11. Cooperativas de Transportes
São as cooperativas que atuam no transporte de cargas e de passageiros. Foram criadas pela Assembléia Geral da OCB no dia 30 de abril de 2002.
12. Cooperativas de Infra-estrutura
São as cooperativas cuja finalidade é atender direta e prioritariamente o próprio quadro social com serviços de infra-estrutura. As cooperativas de eletrificação rural, que são a maioria, geralmente são repassadoras de energia, mas algumas já passaram a gerar energia. Nesse ramo também estão incluídas as cooperativas de telefonia rural.
13 . Cooperativas de Crédito
São as cooperativas destinadas a promover a poupança e financiar necessidades ou empreendimentos dos seus associados. O ramo está organizado em cooperativas de crédito rural, crédito mútuo e crédito luzzatti. A cooperativa mais antiga em funcionamento no Brasil é a Cooperativa de Nova Petrópolis Ltda – Sicredi Pioneira, no Rio Grande do Sul, que completou, em 2002, cem anos de existência.
top